Regininha Poltergeist - Cena3

Publicidad
Remove Ads
Continuar

From:

July 1, 2007
Por:
83%

2278

CLASIFICACIONES

1,702,792

VISITAS

Flag this video
Please send any copyright reports to: youporn.com
@copyrightcomplianceagency.com
Thank you.
Reason (optional):
Enviar
The flag request could not be submitted. Please try again later. Thank you.
The flag request has been successfully sent.
Share this video:

Este vídeo es parte de las siguientes colecciones

:
Japanese Bukkake
29451
videos
Cum Slurping Blonde babe ass fuck
Gracias por votar!
Me gusta
Favorito
Embed
Descargar
Add to
Vadia Gostosa fez o filme da brasileirinhas
...Show more
Show less
Vídeos relacionados
Vídeos Recomendados
Premium HD
Miniaturas

Todos los comentarios (14)

Los mejores comentarios
  • Los mejores comentarios
  • El más reciente primero
Frank
August 21, 2011

German Womens never say "slow down"

Rafael
March 23, 2012

I'm brazilian, she's a actress... very famous, but this is not her first porn movie...

Doctor
August 8, 2011

shes in such pain throughout the scene... she keeps saying "devagar", which means, "slow down"... kind of a turn-on though

Ludwig
June 1, 2010

Ms. Poltergeist is an example of the beauty and sensuality of the Brazilian woman. Cheers for her!

Paulo de Andrade
October 26, 2013

O que perdi morando no Brasil, A mais linda morena apimentada, Poderia viver comigo a cada madrugada, Feliz de quem a descobriu. Diante da sua beleza nua, Quero nessa mulher me inspirar, Ser seu poeta desejado, Para o seu fogo de amor apagar. O amor não tem idade, Basta querer de fato começar, Não deixe a distancia, Com esse meu querer acabar. Como poeta aqui estou, Sozinho entre a multidão, Sem ter como afogar o ganso, Fico condenado a solidão. Quisera com meus olhos, Sua intimidade tocar, E em cada verso seduzir, Quem eu desejo conquistar. Fiz da minha poesia uma canção, Como não sei cantar, Canto em pensamento, Pra melhor me inspirar. Perto dos olhos longe do coração, Quisera te dar você pra mim, E numa noite de luar, Viver com você um amor sem fim. Não seja como um espião, Que entra e sai sem comentar, Acabe de vez com esse meu tesão, Quero o seu biscoito molhar. Mas você morena está do outro lado, E eu aqui distante do seu olhar, Entre o Brasil e o seu mundo, Só me resta em você me inspirar. Do poeta: Paulo de Andrade